[Review] Kujira no Kora - Os Filhos das Baleias


Devo dizer que este anime me despertou dois sentimentos, ódio e amor, como pode uma animação ser tão ruim em termos de batalha e tão bonita na composição de cenários? Foi o que pensei quando comecei a ver Kujira no Kora, mas do que se trata esse anime?

Filhos das Baleias ou Kujira no Kora wa Sajō ni Utau, é uma série de mangá japonesa escrita e ilustrada por Abi Umeda, que ganhou uma serie animada em 2017 e foi lançada globalmente na Netflix em março de 2018.

A história se concentra em um menino chamado Chakuro, que vive em uma embarcação gigante chamada Baleia da Lama, que flutua sobre o mar de areia. Na Baleia de Lama, a sociedade é dividida em dois tipos de pessoas: as Marcadas, que podem mover objetos com suas mentes usando um poder estranho chamado "timia", às custas da vida curta, e os Não Marcados, pessoas que não possuem timia, mas tem uma vida normal. Chakuro e seus amigos nunca viram ninguém do mundo exterior e passam seus dias ansiando por explorar e aprender sobre isso. No ano 93 do exílio da embarcação, a Baleia do Lama encontra uma ilha solitária e ao explora-la Chakuro encontra uma garota diferente e misteriosa chamada Lykos, assim iniciando uma aventura que muda a vida de todos.



Confesso que vi apenas os dois primeiros episódios quando ele foi lançado e só fui terminar quando a Netflix o colocou em seu catálogo. Nos dois primeiros episódios tudo ocorre bem, mas no fim do segundo nos temos uma surpresa não muito agradável e isso me deixou alguns dias longe do anime (sou muito dramático).

O anime tem sempre um arco de algum personagem em cada episodio e claramente na minha opinião esse é seu ponto forte, quase todos personagens principais tem suas evoluções durante o anime ou durante seu episódio. Kujira no Kora tem um jeito muito interessante de contar a história e você começa se apaixonar pelos personagens e pela cultura apresentada na própria ilha onde se passa o anime.


A forma deles lidarem com as situações são bem emocionantes e você passa a enxergar toda a tradição, todos os medos e desafios, como os personagens.

O vilão tem pouco tempo de aparição durante o anime e pelo que parece vai ser abordado mais na segunda temporada.


Se você esta a procura de um bom anime com histórias emocionante e ideias totalmente fora da caixa e inovadoras, esse anime é para você, a primeira temporada tem apenas 12 episódios cada um com 20 minutos de duração, que se passa bem rápido aliás, veja o anime sem preconceito e abrace a ideia que ele tenta passar, você com certeza vai se apaixonar.

Eu fico por aqui, até a próxima pessoal!

Postagens mais visitadas deste blog

Nova atualização Free Fire: Novo modo, novo personagem, nova arma e novo veiculo

DramaFever encerrará serviço de streaming

Jovens Titãs e um fã chamado Wally T